Gastronomia

Cachupa: O sabor de Cabo Verde

Cachupa

Quando o tema da conversa é comida de Cabo Verde, a primeira palavra que vem à mente é Cachupa. Mas porquê? Cachupa é o prato tradicional mais conhecido em Cabo Verde.

E agora você pode saber tudo sobre esta iguaria local (incluindo a sua receita).

Não há apenas uma maneira de fazer Cachupa. Mesmo numa determinada região de Cabo Verde, cada família fará a Cachupa à sua maneira.

Mas a base de toda a Cachupa é similar, e depois pode escolher os ingredientes que a acompanham, quase como numa pizza

De que é feito a Cachupa?

A base do Cachupa é milho e feijão. Também pode incluir outros vegetais como batata, couve, cenoura, etc. Cachupa rica, como é chamada em Cabo Verde, além dos vegetais, também pode incluir diferentes tipos de carne ou peixe.

Por que é importante na cultura cabo-verdiana?

Cachupa é um prato que praticamente todas as pessoas em Cabo Verde fazem. Os cabo-verdianos podem comer uma versão mais simples durante o dia-a-dia. Em ocasiões especiais, eles fazem uma cachupa mais rica.

É também um prato democrático. Como sua base é composta de ingredientes que podem ser produzidos localmente, quase todas as pessoas podem ter acesso a ela, independentemente do seu poder econômico.

Além disso, os cabo-verdianos gostam de receber bem seus convidados. E ter uma ótima Cachupa pode ser uma maneira de compartilhar um prato nutritivo e saboroso que a maior parte das pessoas vai adorar.

A Cachupa é um prato que reflete a alimentação básica cabo-verdiana, mas que simultaneamente também tem uma importância cultural, estando presente em momentos de união e convívio.

O que faz parte da Cachupa?

Bem, já falamos sobre o facto de que em cada casa poderá encontrar uma versão diferente do prato. No entanto, a versão rica e tradicional do prato inclui:

Milho

O milho que é normalmente utilizado em Cabo Verde para este prato é um milho pequeno, amarelo ou branco. O que eles usam é seco, não fresco.

Feijões

Você pode usar diferentes tipos de beans para fazer sua cachupa. Localmente, eles usam Congo, Sapatinha, Black, Rock ou Bongolon. (https://www.unicv.edu.cv/arquivo-noticias/5141-fao-produz-documentario-i-love-feijao-cabo-verde-com-participacao-de-docente-da-ecaa)

Carne

Você pode escolher diferentes tipos de carne para colocar em sua cachupa. Normalmente, em Cabo Verde, pode ser uma combinação de carne de porco, vaca e carne de frango. Eles também usam salsichas feitas com carne de porco.

Peixe

O peixe pode ser usado sozinho ou em conjunto com carne. Cabo Verde também é conhecida por suas excelentes variedades de peixes e sabores que os pescadores locais obtêm diretamente do mar. Cavala e Atum são muito populares em Cabo Verde.

Legumes

Couve e cenoura são alguns dos vegetais que normalmente estão incluídos no prato. Eles também podem ser usados ​​sozinhos ou em conjunto com peixe ou carne. Então, como você é vegetariano ou vegano, também pode desfrutar de cachupa, feita apenas com legumes.

Embora existam muitas maneiras de fazer uma cachupa, aqui você pode obter uma receita de uma rica Cachupa (com diferentes tipos de carne ou peixe).

Receita de Cachupa

  • 1 kg de milho
  • 1 Kg de feijão – congo, sapatinha, ou na ausência destes encarnado;
  • 150 g de toucinho de porco;
  • Meio Kg de rojões de porco;
  • Meio Kg de mandioca;
  • Meio Kg de inhame;
  • Meio Kg de batata doce;
  • Repolho;
  • Couve;
  • Cebola;
  • 2 Chouriços;
  • 1 pimento;
  • Folhas de louro;
  • Dentes de alho;
  • Malagueta;
  • Vinho;
  • Sal e Pimenta q.b.
  • Azeite;
  1. Colocar o milho e o feijão, em água fria, a amolecer no dia anterior
  2. Mudar o milho e o feijão para outra água, temperada com azeite, cebola e alho e levar a cozer (cerca de 2h30m)
  3. Depois de o feijão e o milho estarem cozidos, juntar os restantes vegetais e deixar na panela até os últimos estarem bem cozidos.
  4. Fazer um refogado, com cebola e alho e azeite, e colocar as carnes (rojões, chouriço, toucinho), previamente temperadas com louro, malagueta, vinho, sal e pimenta.
  5. Juntar os legumes e vegetais ao refogado, e deixar apurar em lume brando

Aproveite. Bom Apetite. E não se esqueça de provar este prato feito localmente, quando visitar Cabo-Verde.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *